Temperatura Oceanos



Sobre a imagem:

A imagem acima mostra a temperatura da gua (C) em todo o mundo na dia de ontem.

A temperatura uma propriedade fsica que caracteriza o equilbrio trmico de um sistema, e/ou o equilbrio trmico de um sistema com outro, sendo medida em graus Celsius (C) no sistema internacional de unidades (SI).

A superfcie terrestre recebe energia solar de forma varivel, de acordo com a latitude, devido a forma elipside da Terra. As baixas latitudes (regio equatorial) recebem maior calor por unidade de rea do que os plos, devido ao ngulo da radiao solar incidente. Portanto a quantidade de energia que alcana todas as latitudes a mesma, mas em regies polares esta se espalha por uma rea maior. A quantidade de calor por unidade de rea recebida pelo equador cerca de 1,5 a 2 vezes maior do que a recebida pelos plos. 

O sol tem temperatura superficial de 5.800C e irradia energia na forma de ondas eletromagnticas em todas as direes. Apenas uma pequena frao do total da energia solar chega e absorvida pela Terra. Do total emitido (100%), apenas a metade absorvida pelo oceano, o restante refletida por nuvens, atmosfera, etc. 

A Terra recebe radiao solar na forma de ondas eletromagnticas curtas, e re-emite a radiao na forma de ondas longas. Esta radiao re-emitida ocorre de forma mais homognea em funo da latitude, e denominada de albedo superficial ou planetrio.  A diferena entre a energia recebida e re-emitida em funo da latitude chamado de balano de radiao. Nas baixas latitudes este balano positivo e negativo nas altas latitudes. Devido ao equilbrio trmico o calor redistribudo das baixas para as altas latitudes pelo sistema de ventos na atmosfera e pelo sistema de correntes no oceano (correntes superficiais dirigidas pelo vento e correntes profundas dirigidas pela densidade). 

A temperatura da gua do mar apresenta variabilidade tanto na escala vertical quanto horizontal, mas as variaes horizontais so menores que as varies verticais. A variao horizontal da temperatura superficial dos oceanos apresenta zonao conforme a latitude, ou seja, formam-se linhas de mesma temperatura denominadas de isotermas. As temperaturas superficiais decrescem de 28 C em baixas latitudes para at -2C em altas latitudes. Nas regies temperadas os gradientes so maiores do que nas regies tropicais e polares. De forma geral a temperatura altera-se em mdia 0,5C para cada grau de latitude percorrido.

Nas regies costeiras, principalmente nos contornos oeste dos continentes, ocorre o fenmeno denominado de ressurgncia (upwelling), que se caracteriza pelo afloramento de guas profundas, geralmente frias e ricas em nutrientes, para regies menos profundas dos oceanos. A importncia da ressurgncia para diversas regies do planeta pode ser verificada no Peru, que detm uma das maiores produes de pescado no mundo graas ao da ressurgncia em sua costa.

As reas de ressurgncia representam apenas 1% do oceano, porm suportam mais de 50% da produo pesqueira mundial (Rodrigues, 1973). Na costa sudeste e sul do Brasil h duas regies onde o fenmeno de ressurgncia tipicamente observado: em Cabo Frio (RJ) e junto ao Cabo de Santa Marta (SC).


Monitor Global - Desde 2010 - Marcos T. P. Godoy
"A curiosidade é mais importante do que o conhecimento." - Albert Einstein