Temperatura Oceanos



Sobre a imagem:

A imagem acima mostra a temperatura da água (ºC) em todo o mundo na dia de ontem.

A temperatura é uma propriedade física que caracteriza o equilíbrio térmico de um sistema, e/ou o equilíbrio térmico de um sistema com outro, sendo medida em graus Celsius (ºC) no sistema internacional de unidades (SI).

A superfície terrestre recebe energia solar de forma variável, de acordo com a latitude, devido a forma elipsóide da Terra. As baixas latitudes (região equatorial) recebem maior calor por unidade de área do que os pólos, devido ao ângulo da radiação solar incidente. Portanto a quantidade de energia que alcança todas as latitudes é a mesma, mas em regiões polares esta se espalha por uma área maior. A quantidade de calor por unidade de área recebida pelo equador é cerca de 1,5 a 2 vezes maior do que a recebida pelos pólos. 

O sol tem temperatura superficial de 5.800ºC e irradia energia na forma de ondas eletromagnéticas em todas as direções. Apenas uma pequena fração do total da energia solar chega e é absorvida pela Terra. Do total emitido (100%), apenas a metade é absorvida pelo oceano, o restante é refletida por nuvens, atmosfera, etc. 

A Terra recebe radiação solar na forma de ondas eletromagnéticas curtas, e re-emite a radiação na forma de ondas longas. Esta radiação re-emitida ocorre de forma mais homogênea em função da latitude, e é denominada de albedo superficial ou planetário.  A diferença entre a energia recebida e re-emitida em função da latitude é chamado de balanço de radiação. Nas baixas latitudes este balanço é positivo e negativo nas altas latitudes. Devido ao equilíbrio térmico o calor é redistribuído das baixas para as altas latitudes pelo sistema de ventos na atmosfera e pelo sistema de correntes no oceano (correntes superficiais dirigidas pelo vento e correntes profundas dirigidas pela densidade). 

A temperatura da água do mar apresenta variabilidade tanto na escala vertical quanto horizontal, mas as variações horizontais são menores que as varições verticais. A variação horizontal da temperatura superficial dos oceanos apresenta zonação conforme a latitude, ou seja, formam-se linhas de mesma temperatura denominadas de isotermas. As temperaturas superficiais decrescem de 28 ºC em baixas latitudes para até -2ºC em altas latitudes. Nas regiões temperadas os gradientes são maiores do que nas regiões tropicais e polares. De forma geral a temperatura altera-se em média 0,5ºC para cada grau de latitude percorrido.

Nas regiões costeiras, principalmente nos contornos oeste dos continentes, ocorre o fenômeno denominado de ressurgência (upwelling), que se caracteriza pelo afloramento de águas profundas, geralmente frias e ricas em nutrientes, para regiões menos profundas dos oceanos. A importância da ressurgência para diversas regiões do planeta pode ser verificada no Peru, que detêm uma das maiores produções de pescado no mundo graças à ação da ressurgência em sua costa.

As áreas de ressurgência representam apenas 1% do oceano, porém suportam mais de 50% da produção pesqueira mundial (Rodrigues, 1973). Na costa sudeste e sul do Brasil há duas regiões onde o fenômeno de ressurgência é tipicamente observado: em Cabo Frio (RJ) e junto ao Cabo de Santa Marta (SC).


Monitor Global - Desde 2010 - Marcos T. P. Godoy
"A curiosidade é mais importante do que o conhecimento." - Albert Einstein